Prepare-se
para a COP28!

Viaje para os Emirados Árabes Unidos com a DW Akademie

É comunicador e jornalista da amazônia e faz parte de um meio de comunicação popular e/ou comunitário? Se inscreva para participar de uma formação gratuita oferecida pela ONG Saúde e Alegria junto da DW Akademie e tenha a chance de integrar a Cobertura da Conferência do Clima em Dubai, nos Emirados Árabes. As pessoas selecionadas para a formação também irão concorrer a uma bolsa no valor de R$3.000 para produção de uma reportagem sobre a crise climática e seus impactos para a região amazônica.

A comunidade científica tem ecoado junto às vozes de comunidades tradicionais do mundo todo sobre os impactos das ações humanas no meio ambiente, como o crescimento  acelerado do aquecimento global. As consequências desse aumento trazem resultados desastrosos, já sentidos e distribuídos de forma desigual pelo mundo, como o aumento do nível do mar, desertificação, extinção de espécies e perda da biodiversidade. 

No Brasil, país que abriga boa parte da maior floresta tropical do mundo, a Amazônia, populações vêm sofrendo os impactos dessa crise, fazendo com que  comunidades, sociedade civil organizada e demais instituições se unam na busca de soluções.

Por isso, A DW Akademie em parceria com a ONG Saúde e Alegria e o apoio do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha,  está com convocação aberta para jornalistas e comunicadores populares interessados/as/es em participar de uma formação direcionada à cobertura da crise climática e seus impactos para a Amazônia brasileira.

O objetivo é garantir que comunicadores locais possam informar suas comunidades a respeito dos impactos da crise climática para a Amazônia brasileira, além de acompanhar as negociações que ocorrem em âmbito internacional.

O projeto é dividido em duas etapas. Na primeira etapa 30 pessoas serão selecionadas para participar de um curso online gratuito  dividido em quatro módulos que acontecerá entre os dias 4 de agosto e 3 de setembro. As aulas serão disponibilizadas em uma plataforma digital e os materiais poderão ser acessados diariamente no horário que puderem. No entanto, em alguns dias de cada semana, teremos um encontro síncrono, ou seja, ao vivo.

A DW Akademie é o centro da Deutsche Welle para o desenvolvimento internacional de meios de comunicação, formação em jornalismo e transferência de conhecimentos. Através dos seus projetos, reforça o direito humano à liberdade de opinião e ao livre acesso à informação. A DW Akademie capacita as pessoas em todo o mundo a tomar decisões livres baseadas em fatos confiáveis por meio de diálogos construtivos.

A DW Akademie é um parceiro estratégico do Ministério Federal Alemão da Cooperação Económica e do Desenvolvimento. Graças também ao apoio do  Ministério das Relações Exteriores alemão e da União Europeia, a DW Akademie está ativa em mais de 70 países emergentes e em desenvolvimento.

O projeto é dividido em duas etapas. Na primeira etapa 30 pessoas serão selecionadas para participar de um curso online gratuito dividido em quatro módulos:

Módulo 1

Crise climática e cotidiano. Já está acontecendo? Como a sentimos? O que dizem os cientistas?

Módulo 2

O que é a COP? Acordos globais e sua implementação

Módulo 3

Ferramentas e recursos de comunicação sobre Mudanças Climáticas.

Módulo 4

Soluçoes locais para responder às Mudanças Climáticas

Docentes

Flavia Bellaguarda (Módulo 1)

Cofundadora da LACLIMA, rede de juristas para mudança climática. Diretora dos Parques da Paulista - SP. Advogada e Mestre em Justiça Climática pela University of Birmingham - UK. Especialização em sustentabilidade pela Schumacher College. Global Shapers do Fórum Econômico Mundial.

Maureen Santos (Módulo 2)

Maureen Santos é cientista política, ativista pela Justiça Climática e professora de Relações Internacionais. Coordena o Grupo Nacional de Assessoria da FASE, é professora do Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio e coordenadora da Plataforma Socioambiental do BRICS Policy Center. Possuí mestrado em Ciência Política pelo IFCS/UFRJ e graduação em Relações Internacionais pela UNESA/RJ. Há mais de 15 anos atua nos temas comércio internacional, crise climática e florestas, impactos da cadeia agroindustrial.

Gustavo Faleiros (Módulo 3)

Gustavo Faleiros é  jornalista ambiental e instrutor especializado em reportagens baseadas em dados. Atualmente, é editor de investigações ambientais do Pulitzer Center.  Em 2012, lançou  InfoAmazonia, plataforma digital que usa imagens de satélite e outros dados publicamente disponíveis para reportar sobre os nove países da floresta amazônica. Contribuiu também para publicações como Valor Econômico, The Guardian, Nature, Revista Piauí e Folha de São Paulo. Faleiros também ajudou a criar uma rede de jornalistas que produziu 200 histórias sobre questões ambientais na Amazônia. A rede surgiu de seu trabalho no site O Eco, onde trabalhou como repórter e editor executivo. Faleiros iniciou a sua carreira como repórter do jornal Valor Econômico, onde cobriu infraestrutura, energia e saneamento.

Tica Minami (Módulo 4)

Tica Minami é mãe, rebelde e ativista. Formada em jornalismo, trabalha há mais de 20 anos em campanhas de comunicação e mobilização pública para a construção de um mundo mais justo e mais LIVRE. Acredita no amor e na indignação criativa como forças transformadoras do ser humano. Atuou em organizações como o Greenpeace, Movimento Xingu Vivo para Sempre, Escola de Ativismo e Matilha Cultural, além de apoiar movimentos e iniciativas de ativismo e resistência criativa junto a povos e comunidades afetadas. Atualmente, soma esforços com um coletivo independente e ativista em campanhas de comunicação estratégica e intervenções criativas para radicalizar a democracia, a justiça socioambiental e os direitos humanos no Brasil.

Os participantes que concluírem a primeira fase da formação online, poderão concorrer  a dez bolsas no valor de R$3.000 para a realização de uma reportagem sobre a questão climática, além de representar seu meio de comunicação na 28ª Cúpula do Clima da ONU, nos Emirados Árabes, em dezembro de 2023. 

30 jornalistas e comunicadores populares fazem formação online por 4 semanas (agosto 2023)

A primeira etapa do projeto selecionará 30 jornalistas e comunicadores populares para participar de uma formação online com duração de 4 semanas, em agosto de 2023. Essa etapa contará com aulas ministradas por especialistas da área ambiental que ajudarão os/as/es participantes a pensar sobre questões globais das alterações climáticas num contexto local, com foco na região amazônica. Também serão abordados temas relevantes debatidos  nas Conferências sobre o Clima. Após o encerramento da formação, dez pessoas serão selecionadas para receber a bolsa para a produção da reportagem, além de participar da cobertura da COP28 em Dubai, nos Emirados Árabes, em dezembro de 2023. 

10 jornalistas e comunicadores recebem a bolsa. Formação presencial em Santarém (outubro por 1 semana)

Na segunda etapa, os/as/es 10 comunicadores/as/os selecionados/as/es para receber a bolsa, irão receber uma formação em outubro, que vai ocorrer presencialmente em Santarém, com duração de cinco dias. Nesse evento, terão a oportunidade de se preparar para a COP28, além de contar com  uma  assessoria de especialistas em técnicas de cobertura e reportagem de eventos internacionais. 

Viaje para os Emirados Árabes Unidos com a DW Akademie

Na terceira etapa, os 10 bolsistas selecionados irão viajar com tudo pago para realização da cobertura da 28ª Conferência de Mudanças Climáticas da ONU (COP 28), que ocorrerá de 30 de novembro a 12 de dezembro de 2023 em Dubai, Emirados Árabes Unidos. Durante a cobertura, também será realizado pela equipe um podcast utilizando uma ferramenta livre, colaborativa e inovadora. O objetivo é abordar temas relevantes para a Amazônia brasileira e para as pessoas que lá vivem e já sentem os impactos das mudanças climáticas.

Participe
da formação

Os requisitos para participar da formação e concorrer a bolsa são:

Atuar como jornalista e comunicador/a/e popular e/ou comunitário/a/e, de preferência, na região amazônica brasileira;

Possuir afinidade e interesse a respeito das questões climáticas e Justiça Ambiental;

Participar de um meio de comunicação popular e/ou comunitário, seja rádio, TV, impresso, podcast, redes sociais, etc;

Enviar uma carta assinada pelo meio de comunicação do qual você faz parte, na qual se compromete a publicar a reportagem caso você seja contemplado com a bolsa para a produção da mesma;

Se comprometer a preparar uma reportagem sobre o tema para seu meio de comunicação, caso seja selecionado/a/e para a segunda etapa da formação. Todas as pessoas interessadas em participar devem anexar à inscrição uma carta de compromisso do veículo de comunicação onde trabalham aceitando publicar o trabalho jornalístico que será realizado ao finalizar a segunda etapa da formação;

Se comprometer a participar de duas formações de duração de uma semana cada, uma virtual e outra em Santarém, e estar disponível para realizar uma viagem à Dubai em dezembro de 2023;

Os participantes devem ter um passaporte válido e vigente, sem restrições para deixar o país e estar dispostos a viajar para os Emirados Árabes Unidos.

Ter acesso à internet e computador;

O projeto estimula e prioriza um grupo diverso em relação à raça, etnia e gênero.
Se inscreva no seguinte formulário.
Inscrições abertas até dia 25 de julho. 

Se inscreva no seguinte formulário:

O registro já foi encerrado.
Obrigado por sua participação.

Tem perguntas?
dúvidas?

Você também pode nos contatar através de:

Embora o projeto estimule a participação de pessoas da região amazônica, não há impedimento de inscrição caso você tenha um trabalho expressivo em relação ao tema das Mudanças Climáticas. 

Não será necessário estar disponível em determinado horário todos os dias. Apenas  uma  ou duas aulas de cada módulo será sincrônica, ou seja, ao vivo. De qualquer forma será gravada para você acessar mais tarde, caso não possa estar presente. 

Não é necessário saber falar inglês. A equipe selecionada estará acompanhada de pessoas aptas a realizar traduções durante a COP28, em Dubai.  

O valor de R$3.000 poderá ser utilizado livremente para que a pessoa selecionada realize a reportagem na linguagem que considerar mais adequada. 

A data limite para publicação da reportagem é dia 20 de novembro de 2023, antes da viagem à Dubai.