Participantes

Comunicadores/as

FOTO BIO ELITIEL GUEDES - 2

Elitiel Guedes

Elitiel Guedes é comunicador e educador popular, militante do MST (Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra) e da Via Campesina no Brasil. É membro da Brigada Nacional de Audiovisual Eduardo Coutinho - BAEC e reside no estado do Maranhão. Atua no Coletivo de Comunicação e Direitos Humanos do MST, em parceria com movimentos sociais do campo e da cidade. Além disso, colabora com o Jornal Brasil de Fato e atua como assessor de comunicação em Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão - FAPEMA. Seus últimos trabalhos estão voltados para produção audiovisual e fotográfica dos movimentos sociais na Amazônia brasileira.

Angelo Madson Tupinambá

Angelo Madson Tupinambá

É Cientista Social, formado pela Universidade Federal do Pará. Midiativista paraoara, fundador do Instituto Idade Mídia Comunicação para Cidadania em junho de 2006. Coordenador da Rádio Murukutu e diretor dos Laboratórios de Comunicação Popular e Comunitária sobre Mudanças Climáticas, Territórios e Segurança Alimentar. Assim como, da  Biblioteca Popular Antônio Juraci Siqueira através do projeto Escrita Parawara e a Campanha Vozes do Murukutu na Comunidade Ribeirinha Maria Petrolina do Porto Ceasa. Coordenador da Campanha Vozes do Murukutu, ribeirinhos por participação popular. Membro do Fórum Municipal sobre Mudanças Climáticas em Belém do Pará pelas  Comunidades tradicionais Ribeirinhas e Guardião da Floresta do Utinga.

Mary Tupiassu

Mary Tupiassu

É jornalista, ecofeminista, apresentadora, comunicadora, produtora e multiartista. Com 15 anos em TV, passou pelas maiores emissoras do Pará como TV Liberal, SBT, TV Cultura e Rede TV, ocupando bancadas como Sem Censura. Produziu e dirigiu curtas, documentários e conteúdos especiais sobre Amazônia. Em 2017 saiu dos veículos de comunicação e lançou um case chamado “Ousadas” um canal nas redes sociais que falava sobre empoderamento feminino. Mary também já fez palestras em mais de 30 instituições, trazendo o seu tema de trabalho para empresas, instituições públicas e escolas. Hoje Mary está à frente das multiplataformas do BT Mais, sendo a fundadora do BT Amazônia, editoria que traz como propósito “uma Amazônia contada por nós”, combatendo a atuação e exploração que os mega empreendimentos na impõe às comunidades tradicionais e povos originários. 

Kamila Sampaio

Kamila Sampaio

Tem graduação em Letras Português & Inglês pela Universidade Federal do Oeste do Pará (2022) e aperfeiçoamento em Formação em Aprendizagem Integral, Gestão e Avaliação Educacional pela Universidade Federal do Ceará. Sua  experiência está voltada para a área de Comunicação, com ênfase em Gerenciamento e Planejamento de Comunicação, Assessoria de Imprensa, Produção e Direção Audiovisual, bem como no desenvolvimento de projetos e campanhas junto a movimentos sociais e organizações indígenas. É militante e Comunicadora do Movimento Tapajós Vivo, um movimento social fundado em 2009 que une pessoas da sociedade civil e organizações populares em defesa dos direitos dos povos da bacia do Tapajós. Também atua como Comunicadora e Educadora Popular na Escola de Militância Socioambiental Amazônida, cuja missão é fortalecer a consciência crítica e o comprometimento dos moradores afetados ou ameaçados pelos empreendimentos que prejudicam a Amazônia, por meio da partilha de conhecimentos científicos e populares. Atualmente, também colabora na comunicação do Coletivo de Mulheres Indígenas As Karuana, composto por mulheres de diversas etnias da Região do Baixo Tapajós, que representam a força e resistência da mulher indígena. Além disso, trabalha na formação de comunicadores indígenas do Conselho Indígena Tupinambá do Baixo Tapajós.

Ray Baniwa

Ray Baniwa

É do Povo Baniwa, da Terra Indígena do Alto Rio Negro, município de São Gabriel da Cachoeira, comunicador e colaborador da Rede de Comunicadores Indígenas do Rio Negro (Rede Wayuri), tem formação em Marketing e mestrando em Comunicação e Cultura na (UFRJ). Atua na formação de comunicadores indígenas no noroeste amazônico, pesquisa comunicação indígena e apropriação tecnológica pelos povos indígenas do Rio Negro, governança de internet na Amazônia, e recentemente acompanha de perto discussões e debates sobre a emergência e justiça climática.

Darlon Neres

Darlon Neres

Darlon Neres dos Santos, Guardião do Bem Viver, comunicador popular,  jovem Negro, agricultor familiar, liderança comunitária, membro do coletivo Guardiões do Bem Viver, do Projeto de Assentamento Agroextrativista Pae Lago Grande em Santarém-Pará. Atuou na Casa Ninja Amazonia e Tapajós de Fato e atualmente é apresentador do Podcast semanal a Voz da Feagle.

Vitória Mendes

Vitória Mendes

De Belém (PA).

Estrategista de conteúdo na ApplyBrasil (https://applybrasil.net/),  jornalista e mestra em Planejamento do Desenvolvimento Sustentável.  Pesquisa e escreve sobre questões socioambientais na Amazônia brasileira, com ênfase nos modos de vida de povos e comunidades tradicionais da região. Interessada em ouvir e contar histórias de vida. Entusiasta de bichos, plantas e gentes. 

Tayná Silva

Tayná Silva

Cria de Icoaraci, em Belém-PA, educomunicadora popular, formada em História e ativista por justiça climática e racial, Tay Silva constrói imaginários transformadores nas periferias e comunidades tradicionais da Amazônia através da cultura e comunicação comunitária aliada à boas práticas coletivas que amplificam as vozes em defesa dos saberes, ancestralidades e memória dos territórios.

Maickson Serrão

Maickson Serrão

Indígena, ribeirinho, jornalista e criador do Podcast Pavulagem - Original Spotify. Membro do Global Shapers Manaus e apresentador do Podcast Rádio Sumaúma da Sumaúma Jornalismo e mestrando em Ciências Humanas pela Universidade do Estado do Amazonas.

Camila Garcêz

Camila Garcêz

Camila Garcêz, é jornalista, artista, mãe da Lua e ativista pelos direitos das mulheres e pela Amazônia viva. Natural de Manacapuru/AM, integra a assessoria de imprensa do Idesam, uma organização da sociedade civil de interesse público que trabalha pela conservação e desenvolvimento sustentável da Amazônia. Fez parte do time do Programa Boas Compras, do Impact Hub Manaus, responsável por conectar grandes empresas a negócios liderados por mulheres. Atuou na assessoria de comunicação da Secretaria Nacional de Mulheres do PT e comunicação parlamentar na Assembleia Legislativa do Amazonas e na Camara Municipal de Manaus. Atuou como facilitadora na produção da Carta das Responsabilidades na 3ª Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente e foi membro do Coletivo de Jovem de Meio Ambiente/Amazonas.

Mentores/as

Hyury Potter

Hyury Potter

É um repórter investigativo baseado no Brasil. Natural de Belém (PA), Potter já trabalhou na Repórter Brasil e na Deutsche Welle, em Bonn, e tem investigações publicadas nos sites Mongabay, NBC News, The Intercept, InfoAmazonia, Folha de S.Paulo, BBC Brasil etc. Fellow por dois anos da Rainforest Investigations Network, do Pulitzer Center, Potter já recebeu bolsas do International Center for Journalists (ICFJ), do Rainforest Journalism Fund (RJF), do JournalismFund e do Investigative Journalism for Europe. 

Juliana Mori

Juliana Mori

Jornalista especializada em produções audiovisuais e visualização de dados geoespaciais. Cofundadora e diretora editorial do InfoAmazonia, veículo que utiliza mapas, dados e reportagens geolocalizadas para contar histórias sobre a floresta tropical dos nove países da Amazônia. Graduada em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, mestre em Artes Digitais pela Universitat Pompeu Fabra (UPF), Barcelona.

Lu Sudré

Lu Sudré

É jornalista formada pela PUC-SP e tem oito anos de experiência na cobertura de meio ambiente, direitos humanos, política e saúde. É pós-graduada em Globalização e Cultura pela FESPSP e atualmente é jornalista do Greenpeace Brasil, onde escreve e produz conteúdos sobre oceanos, crise climática e biodiversidade.

Carolina Canguçu

Carolina Canguçu

É documentarista, mestre em Comunicação Social pela UFMG e atualmente coordena a Interprogramação da TV Educativa da Bahia. É montadora, pesquisadora e professora de cinema e curadora de mostras de documentários. Trabalha junto a povos indígenas e comunidades em cursos de formação audiovisual há 20 anos. Integrou o coletivo Filmes de Quintal por 12 anos, realizando o forumdoc.bh, Festival do Filme Documentário e Etnográfico de Belo Horizonte. É Contramestra de Capoeira Angola.

Tayguara Ribeiro

Tayguara Ribeiro

Tayguara Ribeiro, jornalista com pós-graduação em Políticas e Relações Internacionais. Com 15 anos de jornalismo, atualmente produz um projeto sobre os quilombos brasileiros na Folha de S.Paulo. No jornal atuou nas editorias de Política, Economia e no periódico Agora SP. Passagens por veículos como Diário de São Paulo, Diário de Guarulhos, Brasil de Fato, Rádio 2 e por comunicação institucional de algumas empresas. Em especial, atuação na produção de reportagens em texto e de podcasts, como repórter, produtor, redator e editor. Afinidade com temas ligados à políticas públicas, direitos humanos e meio ambiente.

Docentes

Flavia Bellaguarda (Módulo 1)

Cofundadora da LACLIMA, rede de juristas para mudança climática. Diretora dos Parques da Paulista - SP. Advogada e Mestre em Justiça Climática pela University of Birmingham - UK. Especialização em sustentabilidade pela Schumacher College. Global Shapers do Fórum Econômico Mundial.

Maureen Santos (Módulo 2)

Maureen Santos é cientista política, ativista pela Justiça Climática e professora de Relações Internacionais. Coordena o Grupo Nacional de Assessoria da FASE, é professora do Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio e coordenadora da Plataforma Socioambiental do BRICS Policy Center. Possuí mestrado em Ciência Política pelo IFCS/UFRJ e graduação em Relações Internacionais pela UNESA/RJ. Há mais de 15 anos atua nos temas comércio internacional, crise climática e florestas, impactos da cadeia agroindustrial.

Gustavo Faleiros (Módulo 3)

Gustavo Faleiros é  jornalista ambiental e instrutor especializado em reportagens baseadas em dados. Atualmente, é editor de investigações ambientais do Pulitzer Center.  Em 2012, lançou  InfoAmazonia, plataforma digital que usa imagens de satélite e outros dados publicamente disponíveis para reportar sobre os nove países da floresta amazônica. Contribuiu também para publicações como Valor Econômico, The Guardian, Nature, Revista Piauí e Folha de São Paulo. Faleiros também ajudou a criar uma rede de jornalistas que produziu 200 histórias sobre questões ambientais na Amazônia. A rede surgiu de seu trabalho no site O Eco, onde trabalhou como repórter e editor executivo. Faleiros iniciou a sua carreira como repórter do jornal Valor Econômico, onde cobriu infraestrutura, energia e saneamento.

Tica Minami (Módulo 4)

Tica Minami é mãe, rebelde e ativista. Formada em jornalismo, trabalha há mais de 20 anos em campanhas de comunicação e mobilização pública para a construção de um mundo mais justo e mais LIVRE. Acredita no amor e na indignação criativa como forças transformadoras do ser humano. Atuou em organizações como o Greenpeace, Movimento Xingu Vivo para Sempre, Escola de Ativismo e Matilha Cultural, além de apoiar movimentos e iniciativas de ativismo e resistência criativa junto a povos e comunidades afetadas. Atualmente, soma esforços com um coletivo independente e ativista em campanhas de comunicação estratégica e intervenções criativas para radicalizar a democracia, a justiça socioambiental e os direitos humanos no Brasil.